Driblando a crise: RFID é solução para otimizar estoque, logística e operação, minimizando perdas

MezONl

 

Aplicação de etiquetas de identificação por radiofrequência pode auxiliar no controle de produção,  gestão de estoque, processo de entrega, conferência e vendas.

Durante os períodos de crise e recessão, ganham em competitividade as empresas que investem em táticas e soluções para evitar o desperdício e otimizar os recursos disponíveis. Uma dessas soluções é a identificação por radiofrequência ou RFID (do inglês “Radio-Frequency IDentification” ), um método de identificação automática através de sinais de rádio, recuperando e armazenando dados remotamente através de dispositivos denominados etiquetas RFID.

Esta tecnologia permite que os produtos sejam rastreados desde a origem, em cada fase do processo, inclusive durante a venda e, até mesmo, no pós-venda. O RFID contribui para reduzir drasticamente o desperdício, limitar roubos, gerir o inventário com mais facilidade, simplificar a logística, aumentar a produtividade, entre outros benefícios, sempre visando o aumento da renda e mais segurança para o contratante.

No caso da gestão de estoque, com a solução de RFID, o inventário pode ser atualizado em tempo real, sem a movimentação do produto, digitalização ou envolvimento humano. Através de um sistema completamente automatizado é possível prever a quantidade necessária de produtos no próximo pedido ao fornecedor, além de informações úteis sobre as vendas, muitas vezes não tão claras ou exatas quanto nos relatórios fornecidos pelo setor.

Dessa forma, o principal objetivo do controle de movimentação de mercadorias e de estoque é otimizar o investimento na área, aumentando o uso eficiente dos meios internos de uma empresa, além de minimizar as necessidades de capital investido em estoque.

O sistema de controle de estoque baseado em Identificação por Rádio Frequência possibilita que a produção, as vendas, as datas de validade e a localização de um produto sejam controlados de forma segura e com amplas vantagens em relação ao código de barras.

Precisando otimizar sua gestão de estoque? CLIQUE AQUI E ENTRE EM CONTATO CONOSCO

Fontehttp://www.revistamundologistica.com.br/portal/noticia.jsp?id=3012

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *