Ruptura de estoques: acabe com esse problema

Um dos grandes vilões de uma operação varejista são as rupturas, ou seja, a falta de mercadorias nas gôndolas.

Em janeiro deste ano o índice de ruptura nos supermercados chegou a 10,29% segundo dados da Neogrid/Nielsen obtidos com base na movimentação de 10 mil lojas do setor em todo o país.

Entre as consequências da ruptura estão a não compra do produto, a mudança de loja, a compra de produto similar ou a desistência da compra, o que é extremamente nocivo para o mercado.

Para combater a ruptura de forma efetiva é necessário atuar na causa. Deve-se avaliar os processos de toda a cadeia de abastecimento, passando por compras, distribuição, armazenagem, transformação e operações de loja.

A ruptura deve ser segmentada em Ruptura Fornecedor, Comercial, Logística, Loja e Gôndola. Identificando a causa e a segmentando por departamentos e classificação ABC, conseguimos desenvolver e implantar ações capazes de controlar e reduzir com efetividade as rupturas na empresa.

Quer saber mais sobre como evitar a Ruptura no seu negócio? Entre em contato com a RTC Brasil

comercial@rtcbrasil.com ou (011) 3507 4964