Sua empresa tem um estoque de proteção?

estoque

O estoque de proteção também é chamado de hedge inventory e estoque isolador. O seu objetivo é compensar os imprevistos que afetem a demanda e o fornecimento dos produtos.

Ele só é feito quando se prevê um grande evento que pode colocar em risco o abastecimento habitual do estoque, provocando prejuízos na produção/venda dos produtos. Esses eventos podem ser greves, mudanças na legislação, questões governamentais, períodos de negociação de uma nova tabela de preços e assim por diante.

O estoque de proteção é um mecanismo de defesa e prevenção contra a falta de um determinado item que deve ser disponibilizado para venda.

O estoque de proteção é, na verdade, um tipo de estoque de antecipação, ou seja, ele é formado por volumes antecipados ou reforçados devido a situações que podem afetar a demanda, a oferta ou os preços.

Com essa prática, a empresa aumenta os custos com a estocagem, mas assegura a manutenção dos preços de seus insumos por um período mais longo, diminuindo a possibilidade de ter que comprar materiais mais caros.

Veja alguns exemplos de estoques de proteção

1) Empresas metalúrgicas costumam comprar aço e metais para beneficiamento em grande quantidade quando surgem indícios de que os preços poderão apresentar-se mais altos futuramente. Esses indícios são percebidos por meio de sinais no preço do minério de ferro e do carvão e nos próprios custos logísticos.

2) Uma loja vende diversos produtos. O gestor conhece a estimativa de venda de cada um, sabendo quais produtos têm maior demanda e venda e quais possuem menor procura e saída. Seguindo esse raciocínio, os produtos com mais demanda devem ter um estoque maior. Dessa forma, a empresa não correrá o risco de ficar sem estoque e não atender satisfatoriamente os clientes que procuram por esses produtos.

3) Os donos ou gestores de supermercados não sabem o quanto venderão de um determinado produto em um período específico. Mas têm condições de fazer estimativas tomando como base o que já foi vendido em períodos anteriores de mesma duração. Assim, o responsável (pessoa ou equipe) pelo estabelecimento deve manter um estoque de proteção das mercadorias que trazem uma demanda maior.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *